Logo | Prof. Ricardo Pastore

Menores juros, maiores vendas.

17/09/2012

A redução dos juros é a medida econômica mais importante para o varejo depois do fim da inflação. Com juros baixos, o varejista consegue aumentar o seu investimento em estoques e oferecer mais mercadorias aos seus clientes. Consequentemente, vai aumentar as suas vendas e tornar o seu negócio mais produtivo (vender mais gastando menos).Outra vantagem é a redução dos juros que incidem sobre o custo do estoque. Mercadoria parada é dinheiro parado! Quando os juros são muito altos, é preferível deixar o dinheiro no banco rendendo em alguma aplicação. Com a rentabilidade mais baixa, o varejista pode transformar esse dinheiro em mercadorias que é o que alimenta o seu negócio. Loja cheia de produtos é sinal de loja cheia de clientes! E com isso vêm as ofertas e promoções, anúncios, aumento do quadro de vendedores, etc.É bem provável que os fornecedores do varejo comecem a oferecer mercadorias consignadas. São contratos que contam o prazo de pagamento a partir da venda dos produtos na loja, ou seja, enquanto os produtos estiverem na loja não contam prazo de pagamento. Assim, sendo um fabricante de brinquedos, por exemplo, garanto o abastecimento dos pontos-de-vendas sem emitir a fatura. De que adianta produzir se não colocar os produtos na "vitrine" do varejo? Com os custos financeiros despencando, vale mais a pena ter os produtos no PDV do que tê-los no estoque do fabricante.E essas vantagens que o varejo passará a ter são apenas pela perspectiva do custo do dinheiro na aquisição de mercadorias. Imaginem o que se poderá fazer com as vendas? Depois voltaremos com essa segunda parte.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

magnifiercross