Logo | Prof. Ricardo Pastore

Grandes redes já aderiram ao programa Minha Casa Melhor

27/06/2013

 

Igor Utsumi

Grandes redes do varejo buscam aumentar suas vendas a partir do programa "Minha Casa Melhor", anunciado pelo governo federal neste mês. Alguns dos maiores nomes deste mercado já se regulamentaram e esperam resultados positivos a partir da medida.

É o caso do Walmart, que está otimista com o impacto positivo nos negócios da marca, conforme afirma o vice-presidente Alain Benvenuti.

"É difícil saber exatamente o impacto deste programa no comércio. Mas não há dúvidas de que esse é um enorme incentivo às vendas. A expectativa do Walmart é elevar em 10% as vendas dos itens inclusos no programa Minha Casa Melhor", revela o executivo.

As empresas do Grupo Pão de Açúcar (GPA), Extra e Via Varejo, que engloba as marcas Casas Bahia e Ponto Frio, também aderiram ao programa, de acordo com um comunicado oficial ao mercado divulgado ontem.

Algumas redes ainda não estão participando efetivamente do Minha Casa Melhor, mas manifestaram interesse de fazê-lo.

O Grupo Carrefour está analisando a participação junto ao programa, mas ainda não está incluído dos credenciados.

Já a Casas Pernambucanas estão na parte final do processo, realizando os últimos ajustes necessários para a adesão oficializar sua adesão.

Segundo Ricardo Pastore, coordenador do Núcleo de Estudos de Varejo da Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo (ESPM-SP), o retorno para as varejistas não será imediato e deve ser observado por volta de dezembro deste ano. "Como o projeto é dirigido à população de baixa renda e sem acesso ao crédito, pode ter efeito a longo prazo. Ele incentivará a compra do primeiro eletrodoméstico a essa população".

 

Fonte: DCI, São Paulo, 25 jun. 2013, Primeiro Caderno, p. A9.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

magnifiercross